Exposições

CURADORIA DE ARTES VISUAIS FAOP

 

O Festival de Inverno de Ouro Preto e Mariana - Fórum das Artes 2018 faz uma homenagem à Tropicália em um momento oportuno, quando questionamentos éticos e sociais estão na agenda do dia e um movimento de resistência pela liberdade de expressão mobiliza a classe artística em todo o país.

Mais conhecida por sua produção musical, a Tropicália incorporou também as artes visuais e a literatura, além de ter influenciado diretamente a moda e os costumes da época, trazendo novas sonoridades, visualidades e outras tantas experiências estéticas.

A Curadoria de Artes Visuais, realizada pela Fundação de Arte de Ouro Preto, traz a proposta de imprimir na cidade o ambiente de liberdade e resistência criado pelos que abraçaram este movimento que uniu inovação e tradição, pandeiro e guitarra elétrica, cores fortes e reflexão sobre a realidade social, numa verdadeira Geléia Geral, promovendo exposições, mostras e oficinas que revisitem o legado deixado por esta inédita utopia de brasilidade.

 

EXPOSIÇÕES - OURO PRETO

 

Abertura da Feira de Tradições Populares - Artistas e artesãos da região se reúnem em um grande atelier especialmente criado para o Festival.

Centro de Artes Convenções - Salão Diamantina
Abertura: 6 de julho, 20h
A feira continua até o dia 22 -  14h às 20h30
Classificação: Livre
Gratuito
 

Coletiva Opinião 2018 - Ouro Preto

O olhar especial dos artistas ouro-pretanos sobre o rico universo estético da Tropicália.  Coletiva de artistas que propõe revisitar a mostra Opinião 65 que reuniu artistas em torno das reflexões sobre a identidade nacional, a liberdade e a resistência, unindo várias vertentes artísticas.

 

Casa dos Contos

Abertura: 07 de julho,13 horas

Curadoria, produção e montagem: FAOP

07 a 29 de julho - Terça a Sábado:10h às 16h45 
Feriados e Domingos : 10h às 14h45
 

Espaço Tropicália - Tempo e Memória

Proposta de exposição de acervo sobre a Tropicália, propiciando ao visitante uma imersão no universo Tropicalista.

Centro Cultural SESI Ouro Preto

06 a 29 de julho

Abertura: 06 de julho - 13 horas

Curadoria, produção e montagem: FAOP

 

MEMÓRIA FAOP - anos 70

Coletiva de artistas que participaram com professores ou alunos da primeira década de atividades da Fundação de Arte de Ouro Preto.

Galeria de Arte Nello Nuno

Abertura: 09 de julho - 18 horas

09 a 29 de julho

Curadoria, produção e montagem: FAOP

Horário de Funcionamento: Segunda a Sexta: 9h às 18h 
Sábado e Domingo: 13h às 18h 

 

O Povo Mina Jeje - Coletivo Olho de Vidro

Exposição de fotografias do Coletivo Olho de Vidro, que em sua décima segunda exposição, explora o tema Mina-jeje, a nação africana que viveu em Ouro Preto entre os séculos 18 e 19. Os mina-jeje eram um povo que foi escravizado na Costa da Mina, no antigo Reino do Daomé, hoje Benin, e mandado em navios negreiros para o Brasil , principalmente para trabalhar nas minas, em Minas Gerais.

Museu da Inconfidência/ Sala Ataíde

De 06 a 26 de agosto

Abertura: 06 de julho - 20 horas

Curadoria, produção e montagem: Coletivo Olho de Vidro e Museu da Inconfidência

Horário de Funcionamento: 10h às 17h (todos os dias)

 

Rizoma - Mostra internacional Nômada Multimídia de arte contemporânea

Coletiva organizada pela UBM e trazida em parceria com o  Coletivo A Cataclisma contará com trabalhos de mulheres que versam sobre lutas feministas. A mostra dedicará também um espaço para as artistas mineiras.

Grêmio Literário Tristão de Ataide - GLTA

12 de julho a 31 de agosto

Funcionamento - Segunda a Sexta - 9h às 12h e 14h às 18h / Sábado - 9h às 12h

Curadoria e produção: UBM Ouro Preto

Apoio montagem: FAOP e GLTA

 

Exposições parceiras em Ouro Preto

Arte em Pedra Sabão

Esculturas e objetos em pedra sabão de artistas de Santa Rita de Ouro Preto. Organizada pelo projeto de extensão, Gestão econômica e organizacional do trabalho artesanal em Pedra Sabão na comunidade de Santa Rita de Ouro Preto.

Casa de Gonzaga

09 a 22 de julho

Abertura 09 de julho - 9 horas

Horário de Funcionamento: 9h às 18h (todos os dias)

Curadoria e produção: PROEX|UFOP

Apoio montagem: FAOP

 

Confluências

Murilo Viola e Eduardo Faria

Bangalô de Irene Aconchego das Artes - Rua da Conceição, 02 - praça do Antônio dias

06 a 22 de julho 

Abertura: 06 de julho

Funcionamento: Quinta a Sábado: 13h às 17h

Curadoria: Fredd Amorim e Giovany de Oliveira / Bangalô de Irene

 

EXPOSIÇÃO EM MARIANA:

Coletiva Opinião 2018 - Mariana

O olhar especial dos artistas de Mariana sobre o rico universo estético da Tropicália.  Coletiva de artistas que propõe revisitar a mostra Opinião 65 que reuniu artistas em torno das reflexões sobre a identidade nacional, a liberdade e a resistência, unindo várias vertentes artísticas.

Centro Cultural SESI Mariana

De 10 a 31 de julho

Abertura 10 de julho - 18 horas

Horário de Funcionamento: Segunda a Sexta: 9h às 12h/ 14h às 17h 

Curadoria, produção e montagem: FAOP

Festival inverno ouro preto mariana tropicalia 2018 footer apoio