Potência da Periferia

Local: Complexo da juventude - Ocupação Chico Rei

Começa em: 13 de Julho de 2018, 14:00

Termina em: 13 de Julho de 2018, 20:00

Descrição:

Endereço: Rua Dom Helvécio, S/N, Cabeças
Realização: PROEX/UFOP
Coordenação: Professor Luiz Gustavo de Oliveira Carneiro e Douglas Aparecido 

Em tempos difíceis, surgem novas plataformas. Onde o debate, o fazer e o criar, manifestam-se de forma crítica, com o intuito de buscar novas formas de convívio entre humanos e relações harmônicas com o planeta e o meio ambiente.

Assim como foi a Tropicália, insurgente em tempos de crise, assim é a Potência da Periferia. Polo do Festival de Inverno de Ouro Preto e Mariana que mobiliza Agroecologistas, Bioconstrutores, Pesquisadores da Cultura Africana e Indígena, Rappers, Ocupantes, Ativistas Pretos, Feministas e toda sorte de Fazedores, Agitadores e Artistas dispostos a construir soluções criativas que partem da consciência, da natureza e das artes.

Com uma programação pulsante de protagonismos e atitudes teremos enfoque nos seguintes eixos: Ações Sistêmicas, Agroecologia, Permacultura, Bioconstrução, Turismo de Base Comunitária, Museu de Território, Cultura de Periferia, Movimento de Periferia, UniDiversidade e muito mais. 

Programação

14h - Filme: Agroflorestar: Semeando um mundo de amor, harmonia e fartura
Documentário. Direção: João Gabriel Nazareth Amorim, 32’, 2013
Classificação: Livre
Bilheteria: Gratuito
Área: audiovisual

15h - Mesa: Agroecologia e Desenvolvimento Regional
Mauricio Leonard / Patrícia Vaz / Helena Maltez
Sinopse: Este debate tem como objetivo dar foco as experiências de sucesso, em empreendimentos da agricultura que tenham como base de desenvolvimento à agricultura ambientalmente sustentável, economicamente eficiente e socialmente justa.
Público alvo: a partir de 16 anos
Vagas: 50
Bilheteria: gratuito

18h - Roda de Conversa: “Eu organizo o movimento, eu oriento o CARNAVAL!”
Sinopse: O carnaval é um dos elementos que mais representa a cultura brasileira. Não há nada mais tropicalista que o carnaval! Aproveitando o ensejo e a máxima tropicalista: “Eu organizo o movimento, eu oriento o carnaval”, o Polo: Potência da Periferia, propõe uma roda crítica e propositiva sobre o Carnaval ouro-pretano. 
Mediação: Liga das Escolas de Samba de Ouro Preto
Público alvo: a partir de 16 anos
Vagas: 50
Bilheteria: gratuito

Festival inverno ouro preto mariana tropicalia 2018 footer apoio