Potência da Periferia

Local: Complexo da juventude - Ocupação Chico Rei

Começa em: 20 de Julho de 2018, 13:00

Termina em: 20 de Julho de 2018, 17:00

Descrição:

Endereço: Rua Dom Helvécio, S/N, Cabeças
Realização: PROEX/UFOP
Coordenação: Professor Luiz Gustavo de Oliveira Carneiro e Douglas Aparecido

Em tempos difíceis, surgem novas plataformas. Onde o debate, o fazer e o criar, manifestam-se de forma crítica, com o intuito de buscar novas formas de convívio entre humanos e relações harmônicas com o planeta e o meio ambiente.

Assim como foi a Tropicália, insurgente em tempos de crise, assim é a Potência da Periferia. Polo do Festival de Inverno de Ouro Preto e Mariana que mobiliza Agroecologistas, Bioconstrutores, Pesquisadores da Cultura Africana e Indígena, Rappers, Ocupantes, Ativistas Pretos, Feministas e toda sorte de Fazedores, Agitadores e Artistas dispostos a construir soluções criativas que partem da consciência, da natureza e das artes.

Com uma programação pulsante de protagonismos e atitudes teremos enfoque nos seguintes eixos: Ações Sistêmicas, Agroecologia, Permacultura, Bioconstrução, Turismo de Base Comunitária, Museu de Território, Cultura de Periferia, Movimento de Periferia, UniDiversidade e muito mais. 

Programação

Conexão Periferia: São Paulo x Ouro Preto
Intercâmbio UniDiversidade de Saberes

13h - Roda de conversa: Território de Interesse da Cultura e da Passagem Museu Tekoa Japoí
Convidado: Cleiton Ferreira (Fofão) Co-fundador e Coordenador da Comunidade Cultural Quilombaque.
Sinopse: Bate papo sobre território de Interesse da Cultura e da Paisagem (TICP) são espaços de gestão urbana organizados por meio de iniciativa popular, construído através de uma universidade livre na qual a proposta foi aprovada no contexto do Plano Diretor da Cidade de São Paulo.
Público: Livre, até 30 pessoas.
Bilheteria: Gratuito

13h - Roda de conversa: Gestão compartilhada de espaços culturais
Convidados: Gil Douglas Barbosa / Gustavo Soares
Sinopse: Bate-papo sobre a experiência do Movimento Cultural Ermelino Matarazzo na gestão da Ocupação Cultural Mateus Santos, localizada na zona leste de São Paulo. 
Público: Livre, até 30 pessoas.
Bilheteria: Gratuito

15h - Roda de conversa: Potência da Periferia: UniDiversidade de Saberes
Agitadores: Jesus dos Santos, Pablo Patermostro
Sinopse: Em cada escambo (encontro) um coletivo idealizador trás de um a três convidados “provocadores” para que o debate da roda de conversa seja seguido pelo público fisicamente presente, mas também através das interações nas transmissões ao vivo em redes sociais. Além da roda de conversa também acontecem dentro da programação diversas intervenções artísticas de diferentes linguagens, como: música, audiovisual, poesia, teatro, dança, performances, etc.
Público: Livre, até 30 pessoas.
Bilheteria: Gratuito

Festival inverno ouro preto mariana tropicalia 2018 footer apoio