Caravana Festival - Ações de Extensão - Baculejo do Disco: Análise do Disco Panis et Circenses (Tropicália)

Local: Grêmio Literário Tristão de Ataíde - GLTA

Começa em: 18 de Julho de 2018, 15:00

Termina em: 18 de Julho de 2018, 17:00

Descrição:

Grupo: Baculejo
Duração: 2 horas
Classificação: A partir de 14 anos
Público alvo: Livre
Bilheteria: Gratuito

 

Descrição: O “Baculejo do Disco”, surgiu no ano de 2015, inicialmente, com o intuito de promover aos alunos da Universidade Federal de Ouro Preto (Ufop) um momento de reflexão a partir da audição de um álbum escolhido previamente. A ideia partiu de um grupo de discentes e professores, que possuem uma empatia com a cultura musical. Os eventos ocorrem, geralmente, durante a semana de integração da universidade, na qual os calouros de todos os cursos têm a oportunidade de de se envolver em atividades programadas especialmente para eles. Diversas reuniões aconteceram ao longo destes três últimos anos, proporcionando a todos os participantes um momento de debate sempre ligado ao contexto social em que os 
produtos musicais analisados foram produzidos. Em Janeiro de 2018, o “Baculejo”;foi institucionalizado como projeto de extensão da Ufop, dentro do programa de extensão “Cultura, Resistência e Arte”, que busca desenvolver eventos de cunho social, inclusivo, pedagógico e artístico. Com o passar do tempo, o “Baculejo”se tornou aberto a todos os públicos, buscando, com isso, uma integração não só de estudantes, mas, também, promover um estreitamento da relação entre a Ufop e a cidade de Mariana e região. O objetivo principal do projeto é, então, sempre promover a discussão acerca do contexto social e trazer aos presentes, momentos de descontração e conscientização, no que diz respeito à democratização musical. As reuniões acontecem em uma sala que dispõe de uma instalação acústica e um equipamento de som de qualidade, que possibilitam os ouvintes a ter uma melhor percepção do produto que será executado e debatido. É estabelecido um tempo limite de duas horas, com possibilidade de variação temporal de acordo com o tamanho das músicas, álbuns ou clipes. No ano de 2017, os estilos musicais executados sofreram uma variação, com o intuito de trazer um público diversificado e novos repertórios. Em 2018, iniciou-se o processo de gravação dos encontros, a fim de se criar um acervo para posteriores acessos.
Por fim, entende-se que tais reuniões se fazem importante para o debate acerca da produção musical no meio social, trazendo maiores reflexões sobre de cunho sociológico, antropológico, semântico e filosófico das letras, e como a música reflete a comunidade e seus pensamentos, indignações e problemáticas. As reuniões sempre são mediadas por pessoas que se identificam com o artista escolhido, fazendo assim que haja mais aceitação e reconhecimento do meio ao qual se encontra. Foram analisados até o momento os álbuns (artistas) na íntegra: Convoque seu Buda (Criolo), Cartola (Cartola), Clube da Esquina 1 (Clube da Esquina), Krig-ha,Bandolo (Raul Seixas), Da Lama ao Caos (Chico Sciene e Nação Zumbi), Alucinação (Belchior), Abbey Road (Beatles), A mulher do Fim do mundo (Elza Soares), Animals(Pink Floyd), Acabou Chorare (Novos Bahianos), Sobrevivendo no Inferno (Racionais), Esu (Baco Exu do Blues), Batuk Freak (Carol com K), Aguabajo (Chirimoya) Anita (apanhado de video cilps), Lady Gaga (apanhado de video clips).
 

Festival inverno ouro preto mariana tropicalia 2018 footer apoio