Músico ouro-pretano Marquinho Aniceto apresenta seu álbum na Casa da Ópera
Publicado por Juliana Carvalho
26 de Julho de 2018, 14:14
22 07 2018 showaoseudispor ouropreto mylenagon%c3%a7alves 13
Foto: Mylena Gonçalves

A última atração do Festival de Inverno na Casa da Ópera foi o músico ouro-pretano Marquinho Aniceto, que apresentou seu álbum Longitude-Latitude. O show de música instrumental composta para guitarra, bateria e baixo foi uma mistura de rock, pop e música latina, além de prestar diversas homenagens.

Marquinho é músico e educador formado pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) e pelo Bituca – Universidade de Música Popular de Barbacena. Na apresentação, ele dedicou uma música para os seus alunos. "Como músico e educador musical, eu acredito que todo mundo tem capacidade para tocar um instrumento", destacou. O músico também prestou homenagem ao cantor e compositor Gilberto Gil com a canção "Palco", que instigou o público a cantarolar. 

Foi a primeira apresentação de Marquinho no Festival de Inverno. "É muito legal né, emocionante. Ainda mais pra gente que é da cidade, ter essa oportunidade de apresentar aqui dentro da programação do Festival, com um tema maravilhoso que é a Tropicália, eu tô muito feliz", comenta o músico. Beatriz Guimarães, 18, estudante da UFOP e aluna de Marquinho, estava na plateia e diz que achou o show incrível. "Eu acho o Festival muito importante porque as pessoas quase não participam de nada, e quando surge uma oportunidade assim acho que todo mundo se junta e conhece novas pessoas", destaca.

Ao final do show houve a participação especial de alguns integrantes do grupo Vilodum, em uma homenagem ao movimento tropicalista. Juntos, tocaram "Flor do desejo", de Pepeu Gomes, e "Tropicália", de Caetano Veloso. O Vilodum existe há cinco anos e possui um bloco de carnaval em Ouro Preto.

Festival inverno ouro preto mariana tropicalia 2018 footer apoio