Musicalização corporal: um encontro entre dança e música

Local: Centro de Artes e Convenções - Sala 01

Começa em: 16 de Julho de 2018, 13:00

Termina em: 17 de Julho de 2018, 18:00

Valor: Grátis

Descrição: Ministrante: Jussara Braga Bastos - Dançarina e preparadora corporal do NEPARC - Núcleo de Estudos e Pesquisas Artístico-Corporais em Viçosa – MG. É Mestre em Dança pela Universidade Federal da Bahia (2014), graduada em Bacharelado e Licenciatura em Dança pela Universidade Federal de Viçosa (2011). Foi docente no Curso de Dança da Universidade Federal de Viçosa – MG (2016-2017) e coordenou as disciplinas de Balé Clássico, Música e Movimento, Dança Contemporânea. Atuou como professora convidada do Departamento de Educação Física, onde coordenou e ministrou a disciplina Fundamentos Pedagógicos das Atividades Circenses. Dançarina, ex-integrante do Grupo Êxtase de Dança, professora de balé clássico, dança contemporânea, instrutora de pilates e do método Flymoon. Foi preparadora corporal e ensaiadora do grupo Êxtase Experimental do Núcleo de Arte e Dança em Viçosa - MG. Foi jurada titular do Desfile das Escolas de Samba de São Paulo no Carnaval em 2017 e 2018. Possui formação, cursos e vivências em dança com Carla Gontijo, Carlos Laerte, Dudude Herman, Rosa Antuna, Mário Nascimento, Quick Cia de Dança, Rui Moreira, Beth Moreira, Ciane Fernandes, Angel Vianna, Márcia Strazzacappa, Alex Neoral, Fernando Martins, Vanilton Lakka, Tânia Suares, Carla Gontijo, Reynaldo Muniz e Cristina Helena, entre outros. Atua principalmente nos seguintes temas: arte, dança, dança contemporânea, percepção e consciência anatômica e corporal, balé clássico, arte circense e educação. | Sobre a oficina - É sabido que tudo o que tange a vida tem em si um ritmo próprio: a natureza, o crescimento das plantas, as estações do ano, a cidade, a sociedade, o desenvolvimento da criança, entre tantas outras coisas. Entender que tudo o que é vivo está em constante movimento e fluxo é, necessariamente entender também que tudo tem seu ritmo. Se perceber e se descobrir a partir dessa noção de ritmo, possibilita ao indivíduo entender melhor suas relações consigo mesmo e com seu entorno. Dessa maneira, objetiva-se nessa oficina ressaltar como a música e suas questões permeiam nosso dia a dia e nossa corporeidade, trazendo à tona a relação natural que todo e qualquer indivíduo social possui com a musicalidade e seus elementos. A música é apresentada, portanto, como elemento social e, a partir de então, algumas noções iniciais de teoria musical serão trabalhadas através de dinâmicas corporais, atividades lúdicas e brincadeiras que serão norteadas por questões específicas, como ritmo coletivo e individual, melodia, harmonia, percussão corporal, métrica musical, coordenação motora, percepção corporal e musical. Pretende-se também proporcionar vivências rítmicas-motoras para possibilitar ao indivíduo uma autodescoberta das suas questões corporais, musicais e sociais através da arte e, mais especificamente, da relação entre dança e elementos musicais. |Material do Aluno: Roupas confortáveis para movimentação no espaço, par de meias; Carga Horária: 20h/a; Faixa Etária: a partir de 17 anos. Inscrições: https://www.sympla.com.br/oficinas__308272

Festival inverno ouro preto mariana tropicalia 2018 footer apoio