Musicalização na escola - Uma análise Sensorial

Local: Escola Municipal de Lavras Novas/Parceria com a escola

Começa em: 18 de Julho de 2018, 14:00

Termina em: 19 de Julho de 2018, 18:00

Valor: Grátis

Descrição: Ministrante: Raquel de Almeida Velloso Amaral e Francisco de Assis Amaral. Raquel de Almeida Velloso Amaral: Professora de Música desde 1987 na PBH; atualmente responsável pela Oficina de Música da Escola Municipal Santo Antônio para pessoas portadoras de necessidades especiais. Formação: Música (piano) e Licenciatura em Música, ambos pela UFMG. Psicologia (PUC-MG). Especialização: Educação Musical (UFMG); Gestão Escolar; Psicopedagogia Institucional (Universidade Castelo Branco); Escola Inclusiva (Unicid); Francisco de Assis Amaral: Professor de História – Formado na FAFI-BH – Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Belo Horizonte – Hoje UNIBH Coach- Especializada Lifecoaching – Formado pela Linechoaching-Escola de Executivos & Personal Coaching Sobre a oficina: A ideia que permeia esta oficina é de uma “música não na visão existencial de instrumentos, de execuções, de concertos, de discos, de gravadores etc mas numa dimensão profilática e catártica”. (M.Lussy em Traité de l’Expression Musicale). | Sobre a oficina: O som, na sua significação expressiva para cada um e para o grupo, é a matéria-prima da Oficina de Música. E ´ importante ferramenta no trabalho do professor que, ao vivenciar os exercícios propostos, adquire conhecimentos nos âmbitos pedagógico e pessoal. Pedagógico no que se refere ao aprendizado de exercícios possíveis de realizar com seus alunos e que vão lhes proporcionar benefícios no processo de alfabetização. Pessoal no sentido de se descobrir “aluno” ao realizar as atividades propostas e experimentar dificuldades, potencialidades, receios, prazer: ficar mais atento para enxergar isso no seu aluno sendo mais compreensivo e paciente com seu desenvolvimento. Com as atividades serão trabalhados , através de elementos sonoros, conceitos e habilidades como atenção, concentração, memória auditiva, memória visual, percepção auditiva, disciplina, coordenação motora, lateralidade, criatividade e prontidão de respostas, Jogos musicais variados utilizando corpo e\ou instrumentos musicais (convencionais ou não), materiais diversos (bola, bastões, lenços, bambolês...), CD’s variados (inclusive músicas do Tropicalismo– tema do festival desse ano), se traduzem no prazer da vivência musical que conduz ao desenvolvimento cognitivo, da criatividade, da expressão e reconhecimento das emoções, da expressão corporal e adequada atuação social. Material do Aluno: Instrumentos de bandinha escolar (pandeiros, chocalhos, tambores…). |Carga Horária: 8h/a. Inscrições: https://www.sympla.com.br/oficinas__308272

Festival inverno ouro preto mariana tropicalia 2018 footer apoio